Exemplo de sessão

Cada dia do programa transmite uma mensagem da ciência das emoções de quatro formas diferentes:

  • um vídeo curto em ecrã
  • sugestões de conversa entre adultos e crianças (sem ecrã)
  • uma canção, com ou sem ecrã
  • uma actividade manual autónoma (sem ecrã).

Mensagem principal da sessão: As emoções são como as ondas do mar: vêm e vão, não as podemos parar.

Letra da canção

As emoções são como as ondas do mar:

Vêm e vão, não as podemos parar.


Sugestões de conversa (pré-escolar)
(Para o adulto ler para si próprio: A magia do programa acontece nas conversas que desperta entre crianças e adultos à volta das emoções. Sugerimos fazer as perguntas abaixo para iniciar esta conversa com as crianças; bastar ler em voz alta e completar quando pedido. Sugerimos também criar ou improvisar uma coreografia para a canção.)

  1. Eu hoje sinto-me com ... (complete com a emoção ou sentimento que sente neste momento: alegria? tristeza? medo? raiva?). E vocês, como se sentem hoje? (Se tiver tempo, pode perguntar individualmente a cada criança como se sente.)
  2. Podem dar exemplos de emoções, para além das que já disseram? (Sugestão: medo, tristeza, raiva, alegria, calma, amor.)
  3. Quando alguém chora, qual é a emoção?
  4. Quando alguém grita ou bate, qual é a emoção?
  5. Quando alguém foge ou se esconde, qual é a emoção?
  6. Quando alguém sorri ou ri, qual é a emoção?
  7. Pensem na última vez que estiveram na praia a brincar nas ondas. Uma onda dura uma manhã inteira, ou é rápida e passa depressa?
  8. Pensem na última vez que tiveram uma emoção forte. A emoção durou um dia inteiro, ou foi rápida e passou depressa?
  9. Podemos parar as ondas do mar? Podemos parar as ondas de emoções? (Sugestão: Não, não podemos parar nem umas nem as outras.)
  10. Imaginem que vocês se tornam amigos das emoções, e sabem dizer o que vos traz alegria, tristeza, raiva e alegria. Por exemplo, imaginem que vocês conseguem falar com calma em vez de bater quando alguém vos tira um brinquedo, e que todas as crianças conseguem fazer o mesmo. O mundo seria um lugar melhor?
  11. Qual foi o segredo que o Ginja vos contou hoje? (Sugestão: cante a música.)
  12. Vamos cantar a canção outra vez. Querem decidir uma dança com gestos para fazermos cada vez que cantamos esta canção?


Sugestões de conversa (1º ciclo)
(Para o adulto ler para si próprio: A magia do programa acontece nas conversas que desperta entre crianças e adultos à volta das emoções. Sugerimos fazer as perguntas abaixo para iniciar esta conversa com as crianças; bastar ler em voz alta e completar quando pedido. Sugerimos também criar ou improvisar uma coreografia para a canção.)

  1. Eu hoje sinto-me com ... (complete com a emoção ou sentimento que sente neste momento: alegria? tristeza? medo? raiva?) porque ... (complete com a razão). E vocês, como se sentem hoje?
  2. Podem dar exemplos de emoções? (Sugestão: medo, tristeza, raiva, alegria, calma, amor.)
  3. O que são emoções? (Sugestão: o que sentimos por dentro e mostramos por fora.)
  4. Nas vossas palavras, qual foi o segredo de hoje?
  5. Vamos cantar a canção outra vez. Podem improvisar uma coreografia, ou gestos a fazer durante a canção? Querem decidir uma coreografia para fazermos cada vez que cantamos a canção?
  6. Pensem na última vez que estiveram na praia a brincar nas ondas. Quanto tempo dura cada onda?
  7. Pensem na última vez que tiveram uma emoção forte. Quanto tempo durou?
  8. Podemos parar as ondas do mar? Podemos parar as ondas de emoções?
  9. Quais são as semelhanças entre emoções e ondas do mar? (Sugestões: estão sempre a ir e a vir; não as podemos parar; todos os mares têm ondas e todas as pessoas têm emoções; podemos ser arrastados por elas ou navegá-las.)
  10. Já alguma vez se sentiram arrastados por uma onda de emoção? Podem contar como aconteceu?
  11. Qual acham mais divertido: ser arrastado por ondas do mar ou fazer surf? E com as ondas de emoções, acham mais divertido ser arrastado ou utilizar a onda de emoção?
  12. O Ginja usa a expressão "fazer surf nas ondas de emoções". O que acham que isto quer dizer? (Sugestão: Usarmos todas as nossas emoções para sermos felizes, em vez de fazermos de conta que não existem ou deixarmo-nos arrastar por elas.)
  13. Se tivessem um superpoder das emoções, como é que gostariam que fosse?
  14. Como usariam este super-poder das emoções?
  15. Como é que o vosso super-poder das emoções pode transformar o mundo?
  16. Leiam a história verídica abaixo. Como acham que este menino usou o seu super-poder das emoções?


Uma história verídica

Era uma vez um menino de 6 anos que via os episódios do Ginja na escola. De tanto falar sobre o assunto em casa, a família também começou a seguir os episódios e falar sobre eles. O menino tinha uma irmã mais velha, de 15 anos, que tinha mudado de escola com uma adaptação difícil.

Uma vez, a irmã teve um dia menos agradável na escola; em casa, o menino percebeu e começou a agir como o Ginja! Pediu à irmã que desenhasse a emoção que sentia; foi buscar caixas onde teoricamente podia colocar as emoções; usou expressões das canções; disse que "não fazia mal estar assim porque todos temos sentimentos e todas as emoções são boas". Parecia um adulto a falar com a irmã!

A mãe disse que ficou surpreendida com a atitude, não só pela maturidade mas também pela capacidade do menino se colocar na posição do "outro". Ficou de coração cheio pelo carinho e empatia demonstrados com 6 anos. Reconheceu que havia no seu discurso "muito do Ginja". Contou-nos a história e acrescentou: "Hoje é o dia da gratidão... aqui expresso a minha... o vosso trabalho, que é muito, tem um valor imenso. Continuem sempre. Obrigada."


Canção de hoje
Pode ouvir aqui a canção do episódio de hoje, de forma contínua e em "loop". (Para ouvir todas as canções até esta, vá aqui; para ouvir todas as 21 canções, vá aqui.)

Actividade manual (pré-escolar)

Fabricar um taumatrópio de emoções

Este é um taumatrópio que pode imprimir em casa. Diga à criança para pintar as caras. Ajude a criança a recortar os círculos e colar num lápis, por exemplo. Depois, diga-lhe para rodar o lápis e ver a cara a ficar feliz. Pode fazer o mesmo com outras emoções: raiva, medo e tristeza. Pergunte-lhe se reparou que as suas emoções também estão sempre a ir e a vir como no taumatrópio.

Se precisar de ajuda para fabricar, veja este vídeo.

Actividade manual

Nota: carregue na imagem para imprimir a partir do "browser" (excepto no browser Safari), ou carregue no botão direito para descarregar o PDF para o seu computador e imprimir.


Actividade manual (1º ciclo)

Fabricar um taumatrópio de emoções

Este é um taumatrópio que pode imprimir em casa. Diga à criança para pintar as caras. Ajude a criança a recortar os círculos e colar num lápis, por exemplo. Depois, diga-lhe para rodar o lápis e ver a cara a ficar feliz. Faça o mesmo com outras emoções: raiva, medo e tristeza. Pergunte-lhe se reparou que as suas emoções também estão sempre a ir e a vir como no taumatrópio.

Se precisar de ajuda para fabricar, veja este vídeo.

Actividade manual

Nota: carregue na imagem para imprimir a partir do "browser" (excepto no browser Safari), ou carregue no botão direito para descarregar o PDF para o seu computador e imprimir.


Quer mais conteúdos?

4 sessões grátis durante 7 dias (em novembro)

Experimente grátis